NOTÍCIAS

Com estabilidade, mercado imobiliário aguarda as definições da política brasilei

 
Com estabilidade, mercado imobiliário aguarda as definições da política brasileira

Com estabilidade, mercado imobiliário aguarda as definições da política brasileira

O ano de 2014 tem sido atípico para os diversos segmentos do mercado consumidor. Após a realização da Copa do Mundo e com as especulações eleitorais, empresários e investidores estão aguardando as definições dos projetos e programa econômico da Presidente da República reeleita para então decidir qual caminho seguir.

No segmento imobiliário, o cenário não está sendo diferente. Segundo Luiz Antônio Rodrigues, presidente da LAR Imóveis, o mercado apresentou uma relativa retração nos primeiros seis meses do ano, com menor procura e consequentemente menor volume de negócios.

“Eventos como a Copa do Mundo fizeram alguns possíveis compradores e investidores aguardarem o segundo semestre para voltar a prospectar possibilidades de negócios. Mesmo com as indefinições do cenário político brasileiro para os próximos meses do ano, as expectativas são muito boas e promissoras. O mercado de modo geral reagiu bem neste início de segundo semestre, o número de clientes cresceu, assim como o volume de negócios”, afirma o empresário.

De acordo com o executivo, atualmente, o mercado está muito bom para o comprador de imóvel, que tem muitas e boas opções à sua disposição. “Além de conseguir flexibilidade nos preços, pois estamos em um momento bom para o poder de negociação, a hora de comprar é agora!”, alerta Luiz Antônio.

O executivo ainda descarta qualquer possibilidade da tão falada “bolha imobiliária” no Brasil. “Essa crise tão comentada não aconteceu e nem acontecerá em um futuro próximo. O país ainda tem um déficit habitacional muito grande e a garantia das operações de crédito imobiliário tem bons mecanismos de acompanhamento e controle.  Além disso, o imóveis estão com os preços dentro da realidade, o que garante a saúde da operação financeira”, garante.

No campo de locações, a realidade não muda muito.  Com um início de ano de novos contratos, o mercado pós Copa do Mundo é de estabilidade. Há muita procura por imóveis para locação, mas os futuros inquilinos estão aguardando a definição da política brasileira para fechar negócio.

 


SERVIÇO:



Data: 11/05/2014

Por:

Compartilhe
Publicidade
Anuncie Grátis

SoluçõesHomeBR